O Grupo Saquarema

História


No ano de 1999, a Fazenda Nossa Senhora de Fátima que já produzia cafés diferenciados, optou em produzir de forma justa e ecologicamente correta. Começou a produzir Cafés Orgânicos Especiais, tomando uma série de ações para não poluir e degradar o meio ambiente, dando melhores condições de vida aos colaboradores e contribuindo para o desenvolvimento da região.

Em 2002, passou a fazer parte do Grupo, a Fazenda Saquarema, iniciando-se a implantação de mais um projeto de produção orgânica; este foi mais um passo importante para maior sustentabilidade do Grupo Saquarema.

Atualmente, as duas fazendas produzem cafés orgânicos, buscando o compromisso com a qualidade de vida atual e das gerações futuras, por meio de um comportamento ético, que contribua para o desenvolvimento econômico, social e ambiental.

A viabilidade econômica da produção orgânica, aliada aos conhecimentos e experiências adquiridos, contribuíram para o grande salto do Grupo Saquarema, que se firmou neste nicho de produção sustentável que cresce atualmente em torno de 20%a.a. em todo mundo.

Acompanhando o cenário mundial e diante da importância de florestas plantadas para a celulose, siderurgia e madeira, O Grupo Saquarema, buscando atender a redução do efeito do aquecimento global, implantou em suas fazendas o plantio de eucalipto.

O plantio de eucalipto é uma solução para diminuir a pressão sobre as florestas nativas, viabilizando a produção de madeira para atender as necessidades da sociedade com bases sustentáveis.

Trata-se de uma contribuição ainda maior para a preservação das matas nativas, combate ao aquecimento global e ao apagão florestal. As áreas cultivadas nas Fazendas do Grupo Saquarema não contemplam Áreas de Reservas Florestais e Áreas de Preservação Permanente.

Em junho de 2011, o Grupo Saquarema, atento a continuidade da qualidade, rastreabilidade e segurança na “cadeia café”, buscou uma nova parceria junto ao AGA- Armazéns Gerais Araxá, localizado na cidade de Araxá- MG. Este armazém garante que o produto nele armazenado e processado, esteja de acordo com as normas da agricultura orgânica (BR, NOP, JAS e CE), Utz Certified, Rainforest e Fair Trade.